0800-000-5252 |

Projetos que fazem a diferença

 

Todos os projetos sociais desenvolvidos pelo Instituto Corpore têm um desafio em comum: o desenvolvimento das pessoas e, consequentemente, das regiões e comunidades onde atua. Com esse objetivo, priorizam-se ações nas áreas da assistência social, saúde, meio ambiente, cultura e lazer. Conheça alguns projetos já realizados e outros em andamento:

 

1) SEMANA DA MULHER

Realizada em 2012, em comemoração ao Dia da Mulher, a campanha aconteceu nos municípios paranaenses e paulistas onde o Instituto atua: Curiúva, Bela Vista do Paraíso, Mirassol, Figueira, Sertanópolis, Ribeirão Preto, Alambari e Reserva. Teve como objetivo a prevenção à saúde, focando principalmente o combate ao Câncer de Mama e do Colo do Útero. A ação contou com palestras e participação em eventos, orientações, agendamento e coleta de exames, além da entrega flyers explicativos. Foram aproximadamente 800 mulheres atingidas diretamente e outras 2,3 mil indiretamente. No próximo ano a ação terá uma proporção ainda maior, podendo atingir mais mulheres.

 

2) PROJETO PROTEJO

Realizado em Campinas (SP), de 2010 a 2011, ofereceu a 600 jovens aulas sobre: drogas, violência, direitos humanos, música, dança, teatro, educação ambiental, sustentabilidade, formação sociojurídica, informática e iniciação profissional. Para o encerramento desse trabalho, o Instituto Corpore levou os jovens ao Parque Hopi Hari, um prêmio por terem executado as atividades e não terem abandonado o projeto.

 

3) CAPOEIRA (em andamento)

Realizado em Bela Vista do Paraíso (PR), em 2010, o projeto envolve escolas e creches municipais, oferecendo aos estudantes uma prática esportiva diferente. Tem como objetivo incentivar o gosto pela atividade física, sobretudo pelas artes marciais. Oportuniza aos participantes o desenvolvimento da coordenação motora e o contato com uma atividade cultural diferenciada.

 

4) A VOZ COMO DESENVOLVIMENTO SOCIAL (em andamento)

Realizado em Peabiru (PR), o projeto visa detectar e tratar precocemente as dificuldades de linguagem das crianças da rede municipal de ensino. Destaca-se a necessidade da fonoaudióloga nas escolas, uma vez que este ambiente é propício para o desenvolvimento das crianças. Ciente de que é através da comunicação que os seres humanos interpretam e transmitem as informações, através do projeto o Instituto busca atuar na prevenção das questões referentes à comunicação oral e escrita, bem como voz e audição.

 

5) GERANDO OPORTUNIDADES

Realizado em Juranda (PR), em 2009, o projeto disponibilizava recursos e pessoas para que parte da comunidade ingressasse no mercado de trabalho na forma de rotatividade. O objetivo foi inserir homens e mulheres num contexto social, diminuindo o índice de desemprego, melhorando a auto-estima e qualidade de vida dos participantes. Os envolvidos também entraram em contato com as questões de preservação ambiental, saúde pessoal e coletiva. 

 

6) QUIOSQUE DA INFORMAÇÃO (em andamento)

Realizado em Tibagi (PR), desde 2007, o projeto atende crianças, jovens e adultos que não possuem equipamentos de informática, promovendo a inserção desses no mundo digital. Ciente da relevância e necessidade de todos terem acesso à rede mundial de computadores, o Instituto Corpore implantou também, em 2011, o Quiosque da Informação II, em Sertanópolis (PR). Na cidade, o projeto é chamado de Centro de Informática de Sertanópolis (CIS).

 

7) PROJETO ARTE E ATITUDE

Realizado em Mamborê (PR), em 2007. A duração foi de três anos consecutivos. O projeto envolveu mais de 450 alunos em atividades das áreas de Atendimento Social, Educação Física, Educação de Meio Ambiente, Teatro e Dança. O projeto foi executado com a finalidade de estimular o desenvolvimento da iniciação musical, balé, desenho, pintura, entre outros. Dessa forma, buscou-se estimular os talentos artísticos e a expansão cultural e educacional de cada participante.

 

8) ARTES MARCIAIS E ATITUDE

Realizado em Goioerê (PR), em 2007, o projeto proporcionou o desenvolvimento bio-psico-social através da prática do Karatê. O objetivo foi melhorar o desempenho escolar aliando a integração social, atividade física e disciplina, ressaltando a importância da prática esportiva à saúde. As famílias dos participantes foram inclusas no processo de aprendizagem para que os hábitos saudáveis fossem divulgados a todos. O Instituto Corpore desenvolveu o projeto para oportunizar aos alunos da rede pública uma atividade extracurricular.

 

9) AMPLIAR PARA O FUTURO

Já foi realizado em Goioerê (PR) e Reserva (PR), em 2006 e 2007 respectivamente. Trata-se da construção de salas de aulas, conforme a necessidade de cada município, com o objetivo de ampliar o acesso à Educação Infantil. Com novos ambientes, mais crianças puderam desfrutar dos projetos sociais, de saúde, de educação e lazer ofertados pelas prefeituras. Coube ao Instituto Corpore não só a construção, mas também as avaliações semestrais para preservar o bom uso dos locais.

 

10) CAPACITAR PARA O FUTURO

Realizado em Janiópolis (PR), em 2006, o projeto teve por objetivo construir um barracão, ofertando cursos profissionalizantes no local, priorizando crianças e jovens oriundos do Programa Bolsa Família e Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI). Com o intuito de desenvolver habilidades e aptidão com vistas à geração de renda, o projeto possibilitou a qualificação de classe menos favorecidas. Assim como estimulou os participantes à participação popular no controle das políticas públicas.

 

11) PROGRAMA DE ENRIQUECIMENTO INSTRUMENTAL

Realizado em Peabiru (PR), em 2006, objetivou a motivação e a reciclagem dos educadores. O projeto buscou promover o pensamento reflexivo e as discussões em grupo. Desenvolveu-se a expressão do pensamento e do sentimento, para que tais expressões fossem repassadas às crianças. Desse modo, as crianças poderiam não apenas reproduzir os conteúdos ensinados, mas também gerar informações.

Social: